domingo, 11 de março de 2012

Cabelo caindo e peso subindo. Obrigada Depakote!!! Todo dia eu começo uma dieta e termino a noite comendo bobagens. Todo dia digo para mim mesma que vou começar a caminhar mas nunca estou animada o bastante. Tem dias que me sinto forte e confiante, outros dias essa confiança se abala e me sinto um lixo. Sei que aos poucos estou evoluindo, mas às vezes me pergunto se isso é verdade. Tento dizer a mim mesma que não sou bipolar, mas que estou bipolar. Não quero incorporar esse rótulo, justificar tudo por isso. Se eu aceitar que sou bipolar vai ser mais difícil melhorar, eu acho. Não quero ficar na lenga lenga de dia bom e dia ruim. Deus, tenho filho e marido, quero sair dessa. Será que um dia isso vai acontecer?

6 comentários:

  1. G, eu te entendo. Saiba que não esta sozinha,ok? Estpou enrolando a dieta prometida no Ano Novo ate agora - ja fixz tabelinha de pontos e calorias, ja montei cardapio. Mas falta energia pra seguir, e toda vez que o humor balança - e tem balançado muito - é em salgadinhos e bolachas que procuro conforto. Mas tenha força, por que melhora sim! Com persistência o tratamento vai fazendo efeito, e nos vamos aprendendo a lidar com os altos e baixos que a doença causa, ate que, um dia, a gente acorda se sentindo bem, com a gente, com o mundo,com a familia. Sem os exageros. Força, que vai ficar tudo bem!
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Tenta pensar que tens um transtorno bipolar diferente de dizer que é ele, vc é muito além dele. Eu ando igual todo dia penso em caminhar, mas nada sai do pensamento e ando em vício de ficar beliscando toda hora.
    Melhora sim, vc quer bju

    ResponderExcluir
  3. Concordo quando dizes que não é saudável acreditar que qualquer alteração ed humor é da bipolaridade devido a acomodação. Mas também nem toda alteração de humor têm haver com a bipolaridade, afinal, todo ser humano possuí alteração de humor.
    O importante é aceitar sua bipolaridade e distinguir o que é alteração de humor em seu estado pela bipolaridade e a alteração da simples vontade humana.
    Quando somos diagnosticados Bipolares as pessoas que convivem conosco passam em sua grande parte a acreditar que todas as nossas atitudes são frutos da doença, acredito que esta é o mais dificil. É interessante sermos vistas como pessoa e não como diagnóstico, ajuda muito na recuperação.
    Está muito certa em não querer se acomodar, mas vá com calma, tenho certeza absoluta que te sairás melhor do que está saindo.

    Te adoro demais

    ResponderExcluir
  4. Saudades de ti querida, dê notícias.

    ResponderExcluir
  5. G, não te conheço, visitei seu blog hoje pela primeira vez, e te entendo só pelo primeiro post, e me identifico. Já tomei o mesmo medicamento e tive ganho de peso, hoje aceito que sou bipolar, mas já neguei, escrevi um pouco no meu blog sobre a fase de negação. Achei mais fácil depois que aceitei. Estava tomando o lítio e o depakote, e pedi pra minha psiquiatra trocar por conta do ganho de peso, estou com outra medicação agora. Converse com o seu. Acredito que com o tempo aprendemos a lidar com todos os "altos e baixos" como você disse, aprendemos a controlar e lidar com tudo isso. Boa sorte! Parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
  6. O mais importante vc já conseguiu, vontade de sair dessa, vontade de melhorar. A partir daí a medicina e o amor e compreensão da sua família serão essênciais para a sua total recuperação.
    Torcendo!!

    ResponderExcluir